26/05/2017

Resenha: Inesquecível


Título: Inesquecível
Autor(a): Jessica Brody
Editora: Rocco Jovens Leitores
Páginas: 336
Livro cedido em parceria com a editora Rocco
Após um acidente aéreo, uma garota é encontrada ilesa e sem memória em meio aos destroços em pleno oceano Pacífico. Ela não estava na lista de passageiros da aeronave e seu DNA e suas impressões digitais não são reconhecidos em nenhum lugar do mundo. Sua única esperança é um garoto estranho e sedutor que afirma conhecê-la. E que eles eram apaixonados um pelo outro. Mas será que ela pode confiar nele para recuperar seu passado e descobrir quem ela realmente é?
Inesquecível é o primeiro volume de uma trilogia romântica com tintas sci-fi.


Fazia um tempo que eu não li um YA que me deixava tão ansiosa pelo próximo volume; Isso porque Inesquecível é aquele tipo de livro onde cada capitulo a autora faz o leitor acreditar em algo para depois mostrar outra verdade. E não quero dizer que o livro seja confuso, muito pelo contrário. Ao final as coisas vão se encaixando até que ela termina o volume me deixando como eu disse ali em cima.

Pela sinopse o livro parece ser mais um romance do que outra coisa, e claro que se eu solicitei a obra é porque gosto disso mas quando iniciei a leitura estava no clima de querer algo mais (que a autora me deu, então obrigada). Apesar das descobertas da tal garota misteriosa (prefiro não citar o nome, já que a própria sinopse esconde isso) estarem diretamente envolvidas com o garoto que diz conhece-la o romance não é o foco na trama, levando em conta que se trata de uma ficção cientifica para adolescentes. Então para as leitoras que estão cansadas de YA que só focam no romance já fica a indicação.

Pois bem, ela foi encontrada junto com os destroços desse avião no meio do Pacifico e não se lembra de nada. Não é somente uma perda de memória comum em acidentes, ela esquece até do que são relações interpessoais, gosto de comida, o que algumas palavras significam; apesar de misteriosamente saber falar português e russo e resolver equações matemáticas impossíveis. Com a ajuda de seu "irmão adotivo" (ela foi mandada para um lar temporário até sua família ser encontrada) ela começa ir atrás de algumas respostas e claro que tem o aparecimento do tal garoto que afirma conhece-la e que ira ajuda-la. Pouco pode-se dizer após isso pois a história tem muitas revelações diferentes, então uma hora eu achava que ela era um alien, outra hora que ela era algum tipo de agente secreta, e até cogitei a ideia de ela ser uma viajante de dimensões. Com o decorrer da história as coisas vão se encaixando na mente do leitor, mas até isso acontecer da uma leve bugada com todas as possibilidades.

Como o próprio nome da a entender tem coisas que são inesquecíveis, mesmo com todos os obstáculos ela  foi lembrando de algumas coisas por seu instinto puro. Ta ligando aquela coisa de sexto sentido? Mais ou menos assim. E com essa personagem fez todo o sentido, já que cada detalhe da sua vida era importante ser lembrado e principalmente que ela confiasse nessas memórias como sendo verdadeiras ou não, ou boas ou não.

Um comentário:

  1. Oi Silviane! Gostei da premissa do livro, fiquei curiosa para conhecer melhor a história.

    aboutbooksandmore.blogspot.com.br

    ResponderExcluir


Obrigada por comentar no Estilhaçando Livros. Se você tiver um blog deixa seu link que vou retribuir a visita com o maior prazer.