23/11/2016

Resenha: Minha Vida Mora ao Lado



Título: Minha Vida Mora ao Lado
Autora: Huntley Fitzpatrick
Editora: Valentina
Páginas: 320
Sinopse: “Minha mãe nunca ficou sabendo de uma coisa, algo que ela reprovaria radicalmente: eu observava os Garrett. O tempo todo.”
Os Garrett são tudo que os Reed não são. Barulhentos, caóticos e afetuosos. São de verdade. E, todos os dias, de seu cantinho no telhado, Samantha sonha ser uma deles, ser da família. Até que, numa noite de verão, Jase Garrett vai até lá e...
Quanto mais os adolescentes se aproximam, mais real esse amor genuíno vai se tornando. Contudo, precisam aprender a lidar com as estranhezas e maravilhas do primeiro amor. A família de Jase acolhe Samantha, apesar dela ter que esconder o namorado da própria mãe. Até que algo terrível acontece, o mundo de Samantha desmorona e ela é repentinamente forçada a tomar uma decisão quase impossível, porém definitiva. A qual família recorrer? Ou, quem sabe, Sam já é madura o bastante para assumir suas próprias escolhas? Será que está pronta para abraçar a vida e encarar desafios?
Quem você estaria disposto a sacrificar pela coisa certa a se fazer? O que você estaria disposto a sacrificar pela verdade?

Quando vi essa capa simplesmente me apaixonei! O título também me chamou a atenção e claro que a premissa não fica para trás. Minha cabeça gritou mais e mais expectativas mesmo sem ler nenhuma resenha do livro, ou se quer (até aquele momento) conhecer pessoas que já haviam lido. Não me decepcionei com a leitura mas esperava um pouco mais de... drama. Algo que me fizesse pensar "puta merda esse livro é incrível", mas esse pensamento não veio a tona. Infelizmente.

Instagram: @Skyarbooks

Eu gostei sim da leitura de Minha Vida Mora do Lado. Adorei conhecer Sam e Jase, inclusive os acho um dos casais mais fofos de 2015 (eu li no lançamento). A forma como eles se conheceram e passaram a se relacionar é tão fofa, meiga e pura que acho que não tem como alguém não gostar deles. Simplesmente não dá. Sam é uma garota rica, que sempre teve tudo o que desejou e nem por isso ela é mesquinha e metida, muito pelo contrário. Claro que ela aproveita bem sua condição de vida, mas ela não se da conta disso imediatamente. É uma condição tão certa para ela que fica difícil imaginar uma outra possibilidade. Ela vive com sua mãe e sua irmã mais velha (que estando ou não na história nem faz falta). Sua mãe é uma mulher conservadora e aquele tipo de vizinha que ninguém quer ter. Chata, só olha para o próprio umbigo; E ainda é senadora do estado. Já imagina como são políticos, né? Pois bem, a mãe dela não foge desse esteriótipo. Para piorar arrumou um namorado manipulador que acaba a fazendo de tonta e apenas ela não vê.

Mas focando em Jase e os Garrett. Gente, que família é essa? É uma família grande, portanto a casa esta sempre muito bagunçada (com tantas crianças), sempre com muito barulho, risadas, brincadeiras e choros de bebê. Pode ser que você não goste de imaginar esse cenário e realmente não é muito agradavel mas deu certo neste livro. Se eu bem me lembro bem são seis (ou oito?) filhos e Jase é um dos meninos do meio que tem a mesma idade de Sam (dezoito anos). Ele tem esse amor por sua família que é incondicional e lindo. Sabe, vemos por ai diversos adolescentes que demonstram vergonha de sua família ou condições financeiras, mas não ele. Ajuda em tudo o que pode, trabalha e ainda corre atrás para conseguir bolsa para a faculdade. Ele é bem aquele tipo perfeito e para ser honesta eu não vi defeito nele. A aproximação dos jovens é bem rápida e isso até poderia incomodar, mas como disse no inicio tem algo puro que faz o leitor torcer por eles o tempo inteiro e aceitar a rapidez com que as coisas acontecem. 
Os Garrett eram a minha história antes de dormir, muito antes de eu sequer pensar em ser eu mesma parte da história.

O que não me agradou no livro se o casal é tão lindo? Bom, a trama de modo geral. Tava indo tudo bem na história até o momento que a autora quis colocar uma pedra no caminho, para criar um drama, uma possibilidade de separa-los. Eu não tenho nada contra isso, pelo contrário... Mas o problema é que o drama em cima disso foi muito curto e fraco demais. A solução e a atitude da personagem eram bem previsíveis. Eu estava com medo de ler um livro que fizesse os leitores chorar mas era justamente o que eu queria. Acabei criando uma expectativa (sozinha) que não foi superada. A história apenas fica nisso: Um romance super fofo entre dois adolescentes. Para quem gosta, para quem adora é mais do que indicado. Tenho certeza que irá adorar, mas eu queria algo mais.

De qualquer maneira a autora sabe conduzir a história e fazer com que o leitor espere por mais. Tem partes engraçadas e partes em que fazem o leitor pensar, refletir mesmo e justamente por isso que eu entendi o que foi o alvoroço que a editora fez sobre este livro na época do lançamento. Por mais que tenha alguns assuntos "polêmicos"tudo é tratado de uma forma tão leve que o leitor realmente só se da conta quando termina a leitura. 

9 comentários:

  1. Oi, Sil.
    Acho que consigo imaginar o cenário da grande família fácil, minha família é assim haha.
    Pena que a autora quis colocar um drama e não funcionou muito bem para você, também não gosto quando as coisas ficam superficiais.
    Mas ainda assim parece ser uma leitura boa né.
    Beijo

    Te Conto Poesia ♥

    ResponderExcluir
  2. Se tem uma coisa que não gosto em um livro é quanto é porevisível rs, já perco a vontade de ler, mas se o livro tem alguns prós vale a tentativa :)
    Beijos,
    Juliana.
    Fabulônica
    Fanpage
    Instagram

    ResponderExcluir
  3. Eu gostei da capa. Acho que vou gostar de conhecer como foi o romance Sam e Jase, não conheço a autora, então vou anotar na minha lista para ler.

    ResponderExcluir
  4. Ganhei esse livro em um sorteio, mas ainda não li. Gostei da sua resenha e bom saber que não posso esperar "o" drama.

    Beijos. | * Blog PS Amo Leitura *

    ResponderExcluir
  5. Oiii Sil

    Concordo com muito doq ue vc disse, tb tive um problema com a trama, achei tudo muito plano. Sei lá, o casal é lindo, fofo, mas eu esperava algumas reviravoltas, algo que me picasse a curiosidade e enfim, a história só seguia e seguia sem passar nada e os acontecimentos do final, tampoco conseguiram me emocionar, talvez porque eu ja estava cansada do livro até chegar em algum acontecimento realmente relevante. Enfim, apesar dos personagens serem legais, tb não foi a minha leitura do ano.

    Beijos

    unbloglitteraire.blogspot.com.ar

    ResponderExcluir
  6. Oi Sil, não conhecia o livro, mas adorei as capas e gostei de saber que o casal é fofo! Apesar do drama fraco, fiquei com vontade de conferir!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  7. Oi, tudo bem?
    Ainda não tinha visto nada sobre esse livro, mas que pena que não te agradou tanto assim :(
    Beijos
    www.somosvisiveiseinfinitos.com.br
    Vídeo novo: https://www.youtube.com/watch?v=I6TJo2m90w4&t=5s

    ResponderExcluir
  8. Olá, tudo bom? Apesar de gostar bastante de livros desse gênero, eu não consigo me interessar por esse livro... o fato de já ter visto muitas resenhas negativas também contribui hahaha Que pena que o livro não te agradou tanto assim, eu adorei sua resenha ^^

    Beijos
    https://resenhaatual.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Gente que maravilhoso, fiquei super curiosa para ler este livro! Essas férias vou aproveitar bastante e ler tudo que eu conseguir! hahah
    Beijos, Jardim de primavera

    ResponderExcluir


Obrigada por comentar no Estilhaçando Livros. Se você tiver um blog deixa seu link que vou retribuir a visita com o maior prazer.