18/07/2016

Resenha As Batidas Perdidas do Coração



Título: As Batidas Perdidas do Coração
Autor: Bianca Briones
Editora: Verus
Páginas: 406
Saiba mais no Skoob
Onde comprar: Buscapé
Sinopse: Viviane acaba de perder o pai. Com a mãe em depressão, ela se vê obrigada a assumir o controle da casa com o irmão mais novo. Rafael teve o pai assassinado há alguns anos e agora viu quatro pessoas de sua família, incluindo a única irmã, morrerem em um acidente de carro. Viviane pertence a uma classe social que ele despreza. Rafael é tudo o que ela sempre ouviu que deveria evitar. Eles são opostos, porém dividem a mesma dor. Jamais se aproximariam se a morte não os colocasse frente a frente, e agora, por mais que saibam que são completamente errados um para o outro, não conseguem evitar uma intensa conexão, que poderá salvá-los ou condená-los para sempre. As batidas perdidas do coração é uma história sobre perdas e como cada um lida com elas. É o encontro atormentado entre a dor e o amor. Com uma narrativa sexy, envolvente e repleta de música, este livro traz a última tentativa de duas pessoas arruinadas que, juntas, buscam desesperadamente se encontrar.

Um amor que se inicia através da dor e da perda. Você acredita?

Não me agrada exatamente começar uma resenha com esse questionamento, mas eu vejo como algo necessário. Eu sei que estamos falando de um livro de ficção, porém os acontecimentos narrados podem ser próximos da minha ou da sua realidade e ainda assim esse amor não me convenceu. A sinopse apresentada pela editora é bem completa e resume perfeitamente a história de Viviane e Rafael. É no minimo angustiante os primeiros capítulos, onde ambos os personagens falam sobre suas dores, a tristeza de perder alguém que se ama. A forma como ambos se sentem perdidos e ao mesmo tempo tão responsáveis por pessoas próximas.

O que mais me incomodou durante a leitura foi a forma como a autora quis usar suas referencias de livros YA e NA. Eu acho super, de verdade, legal ver referencias de outras obras em algum livro que estou lendo, porém acredito que ela deve ser feita de uma forma que o leitor quase não note. Uma que me marcou bastante nesse caso foi o uso do "Okay" que sabemos muito bem de onde vem. Não vou ser ruim e dizer que o livro inteiro foi assim, pois é mentira. E deixo a minha admiração com as referencias musicais que a autora colocou no livro, seja no inicio dos capítulos ou durante a própria narrativa.

Viviane foi uma personagem que até que me agradou bastante, com seu jeito de falar tudo o que quiser e como quiser, não se importar se esta ou não agradando. Mesmo ela sendo uma garota rica isso não a deixa metida ou com ar de superior. O mais importante em Viviane é que ela tem amor; e a forma como ela demonstra seu amor foi o que mais me agradou durante a narrativa. Não me refiro apenas ao amor em que uma mulher pode sentir por um homem, mas sim o amor entre um ser humano e outro. Na realidade eu acredito que o livro nos mostra mais esse tipo de amor do que o amor romântico de um casal. Rafael já é um caso mais complicado. Alguns pontos sobre suas atitudes não são ditas na sinopse e eu não acho certo coloca-las na resenha; e isso é algo extremamente importante no livro. Depois de abordar a morte o livro aborda muito esse outro tema e eu me identifiquei bastante com ele por ser algo que, por coincidência, estava presente na minha vida na mesma época em que eu realizei a leitura. 

As Batidas Perdidas do Coração está longe de se tornar um livro do meu Top 10 ou 20; Mas acredito que a autora soube colocar alguns pontos de maneira correta na obra. Vejo sempre bons comentários sobre ele por aí, então acredito que a minha critica seja, talvez, por algum tipo de implicância que eu tenho. Ainda assim não classificaria ele como um livro ruim, apenas um que não faça muito o meu gosto. 
Uma garoa cobre todo o cemitério e me pego pensando se chover em enterros é um denominador comum. É como se tudo precisasse estar cinza como os sentimentos.

16 comentários:

  1. Oi, Sil...
    Sua resenha me deixou em cima do muro rs.
    Não se é um livro que leria no momento, talvez em outra ocasião eu pudesse gostar mais.
    Beijo e ótima semana

    Te Conto Poesia ♥

    ResponderExcluir
  2. Helloo, Sil! Tudo numa nice?!
    Acho que você já sabe que eu gosto de YA principalmente se tiver uma carga emocional e dramática bem forte ahaha. Eu gosto de às vezes chorar por causa de alguns livros, que me cause catarse, é claro. E apesar de eu gostar de ler nacionais e gostar de gostar de nacionais, eu não sei se leria esse porque me parece ser um NA. Não é o meu estilo até porque no momento estou viciada em fantasia. Então ainda não sei se leria.
    Beijin...
    Pieces of Alana Gabriela

    ResponderExcluir
  3. Adorei sua resenha Sil, foi bem sincera!
    Eu tbm sempre vejo muitos elogios a esse livro, acho q a sua foi a primeira resenha mais "crítica" dele que eu li. Eu não curto muito quando percebo essas "referências" ao longo do livro, mas depende claro de como elas foram colocadas (e com que frequência, rs). Mas tem vários elementos aí do livro dos quais provavelmente eu vou gostar, está na lista! rs
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Estava querendo lê-lo, mas sua resenha me pôs em dúvida. Acho que irei comprar depois dos que tem prioridade hahahaha. Parabéns pela resenha, muito sincera. Bjos!

    Blog Literário 2

    ResponderExcluir
  5. Olá, Sil. Eu sempre vejo diversas resenhas elogiando o livro, mas eu mesma nunca quis ler, botei o olho na sinopse e já achei denso demais. Mas quero um dia dar uma chance a ele, quem sabe. Beijo!
    Leitora Encantada

    ResponderExcluir
  6. Oi Sil, sua linda, tudo bem?
    Eu te entendo perfeitamente, às vezes um livro que é muito badalado simplesmente não funciona para a gente. Eu já tenho esse livro aqui, pois elogiaram tanto, que eu não resisti e comprei. Mas o lerei sem muitas expectativas, tomara que eu goste. Gostei muito da sua sinceridade, como sempre, a resenha ficou ótima, Sil!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi Sil

    Eu não li o livro, mas como não ando muito no clima YA acho melhor não conferir no momento rsrsrsrs Adorei sua resenha super sincera!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  8. Oe!
    Admito que não me interesso muito por esse livro não. Primeiramente, a capa não me instiga a ler, e por mais que eu ache que não se deva julgar um livro pela capa, eu fico pensando se a capa realmente não mostra o que o livro é de fato, entende? Principalmente se eu souber que o autor participou muito da construção da capa. De todo modo, este tipo de narrativa não me agrada muito. Mas eu ando abrindo a mente para esse gênero e vou tentar ler mais livros no estilo, por mais que eu ache difícil que eu vá ler as batidas perdidas do coração. De qualquer forma, eu gosto de ler resenhas desses livros, novas visões me ajudam a escolher exemplares que eu possivelmente vá gostar.
    Beijos!
    Se esse mundo fosse meu

    ResponderExcluir
  9. Olá,
    Sou bem curiosa para conhecer essa série, apesar do lado dramático que evito e não costumo simpatizar com protagonistas ricas...

    tenha uma ótima semana =D
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  10. Oie Sil =)

    Eu tenho bastante curiosidade em conhecer essa série, pois adoro histórias que tenham música como pano de fundo. O único fator que me incomoda um pouco é o fato de ser uma série um pouco longa, mas faz parte rs...

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  11. Olá,
    Eu tenho o primeiro livro da série, mas ainda não li. Vejo muitos comentários maravilhosos a respeito.
    Mas confesso que o fato de você não ter gostado tanto assim, me deixou em dúvida quanto a leitura do livro por agora.
    Beijos
    www.estilogisele.com.br

    ResponderExcluir
  12. Oi Sil,
    Para ser honesta esse foi um livro que nunca me chamou muito a atenção.
    Ainda não sei se vou ou ler ou não, mas se pegar vai mais para a frente.
    Bjs e uma ótima noite!
    Diário dos Livros
    Siga o Twitter

    ResponderExcluir
  13. Apesar de todas as críticas positivas, eu não consegui passar dos primeiros capítulos. Acho a premissa muito boa, curti os trechos de música, até dá aquela empolgação quando a gente reconhece e coloca pra tocar no fundo, mas a história não me conquistou e deixei de lado. Existem livros que simplesmente não funcionam com algumas pessoas, né

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Oiii Sil, tudo bem? Sempre vejo comentários positivos sobre esse livro, mas ele não me atrai tanto :(
    Não gosto muito dessa premissa de casal que se une por causa de suas dores :P
    Então acho que assim como você, não iria curtir a obra :P
    Beijooos
    https://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oi, Sil!
    Esse foi o livro que me fez virar fã da Bianca, mas não é o meu favorito por conta de alguns aspectos da história.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  16. Amigaa sou loouca pra ler esse livro, já li resenhas otimas sobre ele e parece ser bem o estilo de livro que adoro ler <3
    http://b-uscandosonhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir


Obrigada por comentar no Estilhaçando Livros. Se você tiver um blog deixa seu link que vou retribuir a visita com o maior prazer.