11/05/2016

Resenha: Louca por Você


Título: Louca Por Você (After Dark #1)
Autor(a): A. C. Meyer
Editora: Universo dos Livros
Páginas: 208
Onde comprar: Amazon | Submarino
Mais informações no Skoob
Atenção: esse livro contém altas doses de romance, situações hilárias, garotos sensuais e o best friend gay mais maravilhoso de todos os tempos...
Julie tem dois grandes sonhos: cantar profissionalmente e fazer com que Daniel a enxergue como mulher. Ele é o charmoso dono do badalado bar After Dark e se diz avesso a compromissos, sempre pronto para noitadas casuais. Em uma noite de muito movimento, o estabelecimento se vê sem um vocalista para dar continuidade à programação musical, e Julie é colocada por um dos sócios de Daniel à frente da banda para resolver o problema.
Mas a voz e a presença de palco da nova cantora encantam o público... e também o atraente garanhão. Descontrolado de ciúmes, Daniel está disposto a usar toda a sua autoridade para tirar Julie dos holofotes e dar uma chance ao seu verdadeiro amor. Ele só não contava com as investidas insistentes de Alan, o sexy guitarrista da banda, que resolveu fazer de tudo para conquistar o coração da nossa mocinha.
Será que o sonho de Julie finalmente vai se concretizar com Daniel ou seu verdadeiro príncipe encantado é o guitarrista sensual?

Já faz um tempo que ganhei este livro em uma promoção e ele estava parado na minha estante. Na época em que o ganhei estava morrendo de vontade de ler pois tinha visto muitas blogueiras elogiando e portanto estava curiosa, mas por algum motivo acabei deixando de lado. O que foi bom, pois li sem nenhuma expectativa além de querer uma leitura agradavel. A história é leve, até mesmo bobinha dependendo de como você é como leitura, mas também irritante como todo romance água com açúcar cristal.

Mas sendo honesta o meu problema com a obra não foi nem a forma de autora de trabalhar com o romance, ou na verdade o que deveria ser um romance; E sim a forma de ela mostrar as leitoras que é aceitável algo por parte do companheiro. Daniel é um rapaz que não demonstra nenhum interesse em Julie e acha que cuida da moça como se fosse sua própria irmã. Ela até mesmo deixa de sair para realizar seu sonho de ser cantora por causa dele, pois ela o ama em segredo e acha tudo lindo o que ele faz por ela. Alias, a pobre moça deixou de viver a própria vida em nome desse amor que só ela sentia. Tipo, oi??? Sabe, cara... se o crush não te quer não adianta ficar sofrendo, deixar de viver a própria vida, e ainda aceitar as ordens dele, sabe? Vai tomar um rumo, mulher! Atitude. E obviamente foi isso que eu acabei odiando na personagem.  Não vou dizer que as atitudes de Julie não são atitudes que as pessoas teriam na vida real pois eu conheço pessoas que são assim e afirmo: é extremamente irritante. Eu sou uma pessoa de personalidade forte, pavio curto e o que chamam de grossa. Falo o que eu penso na cara e se eu fosse um dos amigos de Julie ela iria ouvir umas poucas e boas para ver se entrava na cabeça que Danny Boy não a merece. E eu não digo isso somente antes de eles terem um relacionamento pois depois que começam o cara ainda não se prova alguém que mereceu todos os anos que ela deixou de viver por causa dele. É, eu sei que estou sendo imparcial e grosseira, mas não da! Fiquei nervosa demais com as atitudes dos dois que até vontade de jogar o livro longe eu tive. rs

Foto: Sil | Estilhaçando Livros

Mas este não foi o único aspecto da obra que me incomodou. A forma como a autora conduziu algumas situações eu achei bem... forçadas. Tive a impressão de que ela queria criar situações para tentar provar aos leitores que Danny era um cara que queria mudar, fazer as coisas diferentes e etc mas para mim só provou que ele não estava pronto para um relacionamento sério e que, mais uma vez, Julie deveria é cair fora e tentar outra coisa da vida tipo: seguir seu sonho. A oportunidade estava, inclusive, na mão mas ela acabou fazendo sua escolha que eu considero errada.

Honestamente acredito que o tal guitarrista sensual citado na sinopse tem muito mais qualidades do que o próprio protagonista e que com ele Julie poderia amadurecer de uma forma diferente, podendo ser até melhor. Seria uma grande mudança em sua vida, já que este rapaz é bem diferente de Danny mesmo que declare que não quer nenhum relacionamento sério e que não é apaixonado por ela. Eu imagino que o relacionamento deles poderia ter um desenvolvimento muito mais aceitável do que foi com Danny. Minha opinião.

O livro não funcionou de jeito nenhum para mim e nem considero ler os outros livros da série, a não ser que tenha algum do Alan (o guitarrista). Mesmo que os personagens dos próximos livros sejam legais eu acabei perdendo o interesse (talvez eu só deva dar um tempo). Eu recomendo a leitura para quem ama um romance água com açúcar com final digno de novela das nove, sabe? Ele pode funcionar para você; Mas caso você não seja esse tipo de leitora é melhor não arriscar.

10 comentários:

  1. Oiii Sil

    Linda resenha, linda a sua sinceridade. Honestamente achei a capa linda, maravilhosa, uma pena que a qualidade não corresponda. Já li resenhas ótimas sobre esse livro, mas confio na sua opinião porque seus argumentos me convencem completamente.
    Obrigada pela resenha

    naprateleiradealice.blogspot.com.ar

    ResponderExcluir
  2. Oi, Sil!
    Amei sua resenha! Parabéns!
    Agora mesmo que eu não vou ler porque não gosto de personagens iguais a Julie.
    Miga, se o crush não te quer, parte pra outra porque a fila anda, ne?
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  3. Estou para ler esse livro há um tempo, adorei sua resenha sincera.

    Visite: http://carpediemmica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Parabéns pela sinceridade, Sil! Eu também conheço mulheres assim, que vivem em função de alguém que não merece, sabe?
    E por que você não jogou o livro longe, menina? Quando eu estava lendo Belo Desastre ele beijou a parede bonito! Minha mãe até entrou no quarto pra ver se eu tinha caíso e depois me chamou de maluca! hahahahahha
    Que pena que sua experiência com o livro foi ruim.
    Te adicionei no snap tambémmm! \õ/

    Beijo
    - Tamires
    Blog Meu Epílogo | Instagram | Facebook

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. EU URREI COM SEU COMENTÁRIO. Também odiei Belo Desastre e só não joguei longe porque li no tablet UHOEHAHUEHUI

      Excluir
  5. Oi, tudo bem? Gostei da sua resenha, da sua sinceridade e tals. Tenho muita vontade de ler os livros dessa triologia, já ouvi maravilhas sobre eles... Espero gostar!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  6. Ja vi muitas resenhas positivas sobre o livro, parece mesmo ser muito bom *--*
    http://b-uscandosonhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi, Sil! Já vi bastante esse livro em fotos por aí, mas nunca tinha lido nenhuma resenha. Também não gosto de personagens como a Julie. E infelizmente meninas assim existem também na vida real. Dá vontade de sacudir, né?! Quando o personagem principal irrita dessa forma, fica impossível se conectar com o livro e não sentir vontade de jogá-lo longe! Ahahahha!

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
  8. Então Sil, eu já fui duramente criticada por dizer que a autora não conseguiu me convencer com o argumento do romance rs até pensei em ler de novo pra ver se o problema era só meu, mas acho que não rsrsrsrs

    Adorei a resenha super sincera!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  9. Oie,
    também tive estes problemas com o livro, gostei,mas achei bem mais ou menos.
    Não vou ler o próximo da série.

    bjos
    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir


Obrigada por comentar no Estilhaçando Livros. Se você tiver um blog deixa seu link que vou retribuir a visita com o maior prazer.