18/04/2016

Resenha: Insônia



Título: Insônia (Nefilins #1)
Autor(a): Mari Scotti
Editora: Independente
Páginas: 324
Onde comprar: Amazon
Mais informações no Skoob
Suzanna foi a única sobrevivente do acidente que matou seus pais, salva por alguém que ninguém acredita existir. Quando está perto de completar dezoito anos, coisas estranhas passam a acontecer envolvendo este homem misterioso. Dois rapazes surgem em sua vida, que parecem saber muito mais sobre ela do que revelam.
O que ela desconhece é que uma simples escolha poderá alterar o destino de sua alma.




Insônia é livro que inicia a aventura de Suzanna no mundo... sobrenatural. Uma garota que perdeu os pais ainda criança e que chegando na fase adulta se vê entre dois amores, além de uma possível guerra entre o céu e o inferno. Por esse aspecto a história é bem legal e me deixou curiosa por mais. Queria saber detalhes que os personagens de Pietro e Arthur, além de outros, escondiam da menina e me sentia como ela quando ficava com raiva por não ter as duvidas respondidas tão prontamente e acabar tendo que lidar apenas com a parte romântica da coisa toda (que, ao contrário de mim, a personagem adorava essa parte :D). Pode não parecer mas eu gosto de romance e muitas vezes acho legal um triangulo amoroso na história, mas tudo depende de como ele é colocado na obra. Infelizmente, para mim, o romance e o triangulo amoro de Insônia funcionou de uma forma negativa e é justamente por isso que não vou me aprofundar no relacionamento entre os três na minha resenha, deixando apenas minha impressão sobre eles superficialmente neste paragrafo.

Entretanto eu acho que preciso falar sobre Suzanna, já que ela é a protagonista e a narradora da obra. Uma menina com quase 18 anos e que não sabe nada de nada dessa vida. Ela vive com seus avós em uma mansão e a impressão que eu tive é de que a menina se deixou ser criada de forma alienada, naquele casulinho, naquela vida... Sem nem ao menos querer mais. Sua noção maior de rebeldia era ir para a casa do vizinho de madrugada ler em baixo de uma árvore. Para resumir: Suzanna foi feita na fórmula Bella Swan; que pode agradar muito os leitores ou não agradar nada. Eu já me sentia incomodada com essa fórmula na época em que Bella foi criada e agora então pior ainda (mas ressalto que não estou dizendo aqui que odeio a Bella ou que esteja na intenção de ofender Suzanna, só que é o tipo de personalidade que não me agrada e quis exemplificar com uma personagem conhecida pelos leitores). Fico totalmente inconformada com o quanto a personagem pode ser a santa a ponto de até mesmo de nunca ter beijado na boca. Não faz muito sentido na minha cabeça. :(
Sinto-me pela metade, incompleta, sem um lugar certo no mundo. um lugar que me faça sentir em casa.

A premissa no entanto funciona de uma forma bacana, apesar de poucas coisas terem sidos reveladas neste livro. Espero que no segundo volume a questão dos anjos, céu, inferno seja o foco principal abordado pela autora pois fiquei bastante ansiosa por respostas e diálogos mais explicativos sobre a história real de Suzanna. Aliás, muitas vezes fiquei torcendo por mais e mais diálogos, mas senti que o foco estava nas descrições seja do cenário ou características físicas (isso é muito pessoal de leitor para leitor, então eu particularmente não gosto muuuito de descrições detalhadas).

Teve uma cena que me incomodou demais. Infelizmente não posso revelar detalhes sobre ela, pela questão do spoiler e tudo mais só que eu me senti muito mal pela protagonista naquele momento pois a impressão de que eu tive é que ela seria abusada à qualquer momento, ou sei lá. Eu não sou uma chata em relação a essas coisas nos livros e tudo mais, procuro nem sempre ficar me prendendo nesses detalhes mas algumas coisas incomodam e esta para mim chegou quase o limite. Em algum ponto da obra já haviam comentado sobre o poder de persuasão de personagem x e então nessa cena parece que ele usa de todo esse poder para tentar conseguir com que a menina se entregue a ele quando ela claramente não deseja aquilo. Enfim, espero que eu que tenha interpretado essa cena de forma errada.

Vale a pena ler o livro se você procura um romance com triangulo amoroso, caso contrario pode acabar se decepcionando um pouco. O livro começa a ter uma dose maior de ação à partir de 60% da obra, e já adianto que até os 40% nada de realmente significativo acontece. No fundo eu senti que poderia ter dado até uma pulada que não faria tanta diferente. Acredito que eu estava esperando muito mais da obra e dos personagens do que a autora se propos a apresentar e por isso acabei tendo impressões não tão legais. Livros tem formas diferentes de atingir leitores diferentes e este pode ser um livro que te atinja de forma positiva. Dê uma chance pois, apesar do que citei até aqui, a leitura é leve e rápida e autora consegue prender o leitor nas questões principais.


23 comentários:

  1. Oie...
    Confesso que achei a premissa bem legal, porém, essa falta de personalidade da protagonista me desanimou um pouco... Gosto de personagens mais complexos, e essa protagonista me incomodou bastante.
    Não vou dizer que não lerei, pois, talvez leia para tirar minha opinião.
    Beijos

    http://coisasdediane.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi, tudo bem? É uma pena que vários pontos do livro tenham te incomodado, é bem chato quando isso acontece, né?! Por mais que você não tenha gostado da estória, sua resenha me deixou com vontade de ler o livro.

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  3. Oie Sil =)

    Confesso que a premissa me pareceu interessante, mas já ultrapassei a minha cota de personagens sem personalidade no meio de um triangulo amoroso.

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  4. Confesso que tenho curiosidade de ler historias de terror, mas como me conheço bem sei que não vu dormir depois (sim, é verdade).Compre Caixa de Pássaros na bienal e nao li ainda. Você já leu ou conhece alguém que tenha lido e gostado?

    ResponderExcluir
  5. Olá, Sil, tudo bem?

    Adoro livros do gênero e sempre leio resenhas positivas sobre este livro, sei que o livro aborda uma mistério e adoro quebra a cabeça com esse tipo de coisa, e vamos combinar sobrenatural e romance? tudo que eu quero! Mas confesso que estou enrolando para ler, já esta na minha lista mas... Sempre passo outros na frente, mas não passa desse ano, fico feliz que tenha gostado flor, gosto desse ar de terror também u.u

    Beijinhos

    http://resenhaatual.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Sil, você citou diversas coisas que me fazem correr desse tipo de livro:
    Triângulos amorosos tem cara de crepúsculo pra mim agora é sim, eu estou falando que não curto crepúsculo kkkkk

    Obra que dá foco mais no romance do que na trama sobrenatural en si que é muito mais legal, pra mim kkkkk
    Eu não sou nada romântica, salvo os romances de Ward, quase nenhum me pega, então acho que não vou ler essa obra não.

    Valeu mesmo a dica!

    >> Vida Complicada <<

    ResponderExcluir
  7. Olá Silviane, tudo bem?

    Eu tenho o livro, quando foi publicado pela Aped, sua primeira edição. Ganhei em um sorteio realizado pela própria autora. Mas como tudo que compro ou ganho, acaba indo pro final da fila :/ . Quem sabe não consigo nas férias, rs.

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Adorei o termo "fórmula Bella Swan" hahahha
    Acredito que eu não iria gostar muito dessa história. Tenho minhas dúvidas rsrs
    Bjs

    http://restauradordosnervos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oiii Silviane, tudo bem?
    A falta da personalidade do personagem me desanimou um pouco, mas com toda certeza iria ler, porque realmente me agradei pela premissa da obra, e achei essa capa um espetáculo.
    Beijão <3

    ResponderExcluir
  10. Oi Sil, sua linda, tudo bem?
    Que pena que o livro não correspondeu às suas expectativas. Eu já li Híbrida da Mari e amei!!! Já estou com essa série aqui também, na fila, e como adoro anjos, espero gostar apesar das suas considerações. Mas é assim mesmo, cada livro atinge um leitor diferente.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi Silvane, tudo jóia?
    Nossa, tenho certeza que tudo isso que te incomodou também ia me incomodar! :/ É uma pena, porque o livro tinha tudo para ser excelente.
    Eu também não gostava da Bella na época e não gosto agora, muito menos quem tenta copiar essa fórmula que obviamente não funciona (pelo menos pra mim)
    Alguma coisa na história me lembrou um livro muito bom que li The Kiss of Deception que a linda da DarkSide vai lançar esse ano.
    De início eu não botei fé nesse triângulo amoroso, temos que ver como as coisas vão desenrolar no próximo livro.
    Infelizmente não entrou na minha lista de desejados :/
    Beijos!
    Juliane

    ResponderExcluir
  12. Oi, Sil!
    Particularmente não me atraio muito por essas temáticas sobrenaturais, gosto mais de fantasia, então mesmo com eventuais indicações de seus livros, nunca me interessei realmente pelos livros da Mari Scotti. Ainda assim, se lesse, eu provavelmente me identificaria, ao menos um pouco, com a protagonista; se você achou um pouco sem sentido uma garota de quase dezoito anos nunca ter beijado, é algo perfeitamente normal para mim e não vejo problema algum nisso, até gosto quando encontro algumas personagens mais recatadas assim, afinal, ninguém, seja vida real ou ficção, é obrigado a começar a namorar ou 'ficar' desde cedo, rs.
    Mas isso do triângulo amoroso realmente me desanima, sempre me irrito quando acontece em alguma leitura que faço e me deparo com isso. E a cena em particular que você citou meio por alto também me deixou reticente, então, infelizmente, não é uma indicação que se firme para a minha estante, ao menos não no momento.
    Beijos!

    ♥ Sâmmy ♥
    ♥ SammySacional ♥

    ResponderExcluir
  13. Não sou fã de triângulos amorosos, mas gosto de histórias sobrenaturais e tenho vontade de ler esse livro, porém essa cena que você comentou que te incomodou, senti que seria uma cena que me incomodaria também...
    Beijo

    ResponderExcluir
  14. Oi!
    Não conhecia esse livro ainda. Adoro o gênero mas no momento acho que não leria a obra, vou esperar para conferir mais opiniões sobre a sequência. E que pena que a protagonista foi "fraca" é bem chato quando o protagonista não nos agrade, né.
    Abraços,
    Andy - StarBooks

    ResponderExcluir
  15. Oi Sil!

    Em Sonhos, o tema céu e inferno é mais abordado, entre os dois Sonhos foi melhor, achei até mais dinâmico, mas ainda peca um pouco em alguns pontos, assim como seu antecessor, como te falei, gosto mais da série Híbrida da Mari, mas acredito que em Sonhos você possa gostar mais, bastante coisa é revelada e o final me deixou louca para ler o terceiro! :D

    Da Imaginação à Escrita

    ResponderExcluir
  16. Vou ler a sinopse e pular sua resenha porque não li o livro ainda e não quero spoilers AQUELAS PESSOAS CHATAS AUHAHUS
    Eu, já não gosto de triangulo amoroso de jeito nenhum. Prefiro uma coisa a dois mesmo, três é demais, irrita, enche o saco.
    Até entendo a personagem ter essa fórmula, a Mari é fã demais de Crepúsculo haha Adoro anjos e espero que aa MAri de mais destaque pra isso mesmo. Lerei o livro com o pé no chão agora pra ver se não me decepciono tanto como você.
    beijo

    ResponderExcluir
  17. Tenho esse livro no kindle, mas agora que descobri que tem um triângulo amoroso desanimei completamente de ler (só agora fui ler a sinopse e vi que ela até prepara o leitor para isso, mas dificilmente leio sinopses antes de terminar a leitura). Triângulo é algo que não me atrai nem um pouco, e saber que até uns 40% nada de significativo acontece me fez perder a vontade de conhecer o enredo. Acho muito ruim quando a gente tem essa impressão de que poderia ter pulado grande parte da história e não faria diferença.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  18. Oi, Sil!
    A ideia de histórias com triângulo amoroso me agrada bastante, mas tudo depende de como as coisas são colocadas no enredo. Acredito que eu ia acabar tendo uma opinião parecida com a sua a respeito dessa característica do livro. Você comentou que não é muito fã de mocinhas que são consideradas 'santas', e eu volto a ressaltar que, para mim, depende como a personalidade da personagem é colocada (é 8 ou 80, hahaha). Espero que o segundo livro tire as duas dúvidas (eu imagino como você ficou curiosa xD).

    Beijos
    www.procurei-em-sonhos.com

    ResponderExcluir
  19. Oi Sil!

    Da Mari eu só li Híbrida e gostei bastante, apesar de ter achado uns furos. Esse negócio da fórmula "mocinha Bella Swan" é muito a cara da Mari porque ela é super fã da autora. Acho que todas as mocinhas dela são um pouco Bella. Eu também não gosto muito de descrições detalhadas demais, acaba deixando a leitura cansativa... Pra mim tem que ser meio misturado. rs E vou ser sincera... Não costumo gostar muito de histórias que a gente tem a impressão que poderia saltar um pedaço que num faria diferença viu...

    Beijo!
    http://www.roendolivros.com/

    ResponderExcluir
  20. Oi Sil.
    Eu amei essa capa!
    Fiquei bem interessada no livro, mas alguns pontos que você destacou na resenha foram me desanimando um pouco, como por exemplo o fraco desenvolvimento de um romance. Não que toda obra precisa ter, mas as vezes é necessário, até mesmo pra movimentar os personagens. Mas no geral, eu ainda to curiosa rs.
    Beijocas

    ResponderExcluir
  21. Olá, Sil!
    Eu li esse livro anos atrás, quando a Mari disponibilizou o arquivo pra mim. Aliás, gostei bastante do enredo e fiquei louca para ler sua continuação. A única coisa que realmente me incomodou foi a narrativa detalhada, pois tenho sérios problemas com isso.

    Abraços,

    Simone Pesci

    http://simonepesci.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Sil, enviei algumas coisas no seu e-mail, porque seriam spoilers AUAHAUH. Espero que você consiga enxergar detalhes que eu não soube escrever quando publiquei Insônia, em Sonhos. Ele foi meu primeiríssimo livro e sei que tem muita coisa que eu poderia melhorar. Sua resenha vai me ajudar muito a corrigir as falhas, muito obrigada!
    Obrigada pela resenha honesta, é sempre muito produtivo ler resenhas como está.
    Fico aqui na ansiedade que vc goste de Sonhos e Despertar.
    Beijão, Mari Scotti

    ResponderExcluir


Obrigada por comentar no Estilhaçando Livros. Se você tiver um blog deixa seu link que vou retribuir a visita com o maior prazer.