22/02/2016

Resenha: O Duque e Eu




Título: O Duque e Eu (Os Bridgertons #1)
Autora: Julia Quinn
Editora: Arqueiro
Páginas: 288
Compre: Submarino | Amazon
Mais informações no Skoob
Sinopse: Simon Basset, o irresistível duque de Hastings, acaba de retornar a Londres depois de seis anos viajando pelo mundo. Rico, bonito e solteiro, ele é um prato cheio para as mães da alta sociedade, que só pensam em arrumar um bom partido para suas filhas. Simon, porém, tem o firme propósito de nunca se casar. Assim, para se livrar das garras dessas mulheres, precisa de um plano infalível. É quando entra em cena Daphne Bridgerton, a irmã mais nova de seu melhor amigo.
Apesar de espirituosa e dona de uma personalidade marcante, todos os homens que se interessam por ela são velhos demais, pouco inteligentes ou destituídos de qualquer tipo de charme. E os que têm potencial para ser bons maridos só a veem como uma boa amiga. A ideia de Simon é fingir que a corteja. Dessa forma, de uma tacada só, ele conseguirá afastar as jovens obcecadas por um marido e atrairá vários pretendentes para Daphne. Afinal, se um duque está interessado nela, a jovem deve ter mais atrativos do que aparenta.
Mas, à medida que a farsa dos dois se desenrola, o sorriso malicioso e os olhos cheios de desejo de Simon tornam cada vez mais difícil para Daphne lembrar que tudo não passa de fingimento. Agora ela precisa fazer o impossível para não se apaixonar por esse conquistador inveterado que tem aversão a tudo o que ela mais quer na vida.

Muito vejo por aí resenhas desses romances de época da editora Arqueiro. Para ser honesta eu nunca curti muito esse tipo de leitura mas cada dia mais ficava curiosa com essas histórias. Se você acompanha os blogs já deve ter reparado que eles são febre e como eu não gosto de julgar muito sem antes ler acabei decidindo ler um desses romances. O escolhido foi O Duque e Eu, da autora mais adorada do gênero: Julia Quinn. Optei por esse livro pois de todos que eu li resenhas foi o que mais me deixou curiosona (tem um outro de uma outra autora que eu vou ler em breve) e agora eu já estou tipo PRECISANDO MUITO dos outros livros da familia Bridgertons. rs
Simon percebeu que ambos estavam presos. Presos pelas convenções e expectativas da sociedade. 

Eu gostei bastante da leitura não apenas por se tratar de um romance com dois personagens diferentes, com desejos diferentes. Mas é um pouco difícil ler algo por ai onde a família esteja tão presente. Não que eu queira que todos os romances tenham uma presença marcante da família, até porque isso acabaria deixando os livros todos chatos, mas nesse é feito de uma forma divertida. Por mais que em alguns momentos esse aspecto seja ruim, visando que a história se passa no século XVIII, também o deixa mais... delicado. Eu vejo como um aspecto negativo todas as vezes que as mulheres são tratadas como inferiores pelos personagens, por mais que não seja de uma forma tão forte. Sei que essa é uma característica da época, mas é um pouco ruim de aceitar mesmo que a autora tenha tentado fazer com que os personagens fossem um pouco mais mente aberta do que podemos esperar; Mas sinceramente não vejo motivo para focar a resenha nisso pois é algo necessário para o tipo de livro que eu escolhi ler (e é justamente por isso que eu sempre evitei livros de época).

Daphne e Simon são um dos casais mais fofos que já tive o prazer de conhecer. Ela é uma garota de família grande que sonha em ter a sua própria família, mas não é lá tão cortejada pelos rapazes da sociedade; Simon é amigo de Anthony (irmão mais velho de Daphne) e por ser um Duque sabe que a fila de moças querendo casar com ele será enorme. Ambos tramam um plano para atrair pretendentes para Daphne e afastar pretendentes para Simon. Eu esperava um romance água com açúcar e acabei me surpreendendo com a quantidade de vezes que ri das situações que eles acabaram se metendo, ou das conversas que eles tinham cheia de sarcasmo e ironia (algo que eu adoro).

Apesar do foco estar no casal e no desenvolvimento do relacionamento deles temos também uma grande participação da família, como disse no inicio. Sendo este o primeiro livro ele acaba nos apresentando aos irmãos de Daphne que serão protagonistas dos próximos livros. Anthony é o que ganha maior destaque, sendo o mais velho e o homem da casa. Gosto da forma de ele ser protetor, mesmo que um pouco diferente do que estou acostumada, mas é possível ver o quanto ele ama sua família. Um dos personagens que tem um destaque minimo mas eu acredito que irá aparecer em outros volumes é Lady Danbury. Ela é uma senhora que da bailes em sua casa e tem uma língua bem afiada.
Todas as jóias da família Hastings foram escolhidas para outra pessoa. Esta eu escolhi para você.

O livro contém algumas cenas eróticas e quem me conhece sabe que eu não sou muito fã de livros eróticos, mas isso não me incomodou na leitura. Não foi aquela coisa forçada, então acabei não me importando e até gostei desse aspecto. O livro contém cenas engraçadas, mas tem outras que é de cortar o coração e me deixou bem magoada e triste, até senti aquela bola fechando a garganta, sabe? rs Como eu disse foi o primeiro que li e já estou correndo atrás dos próximo. 

27 comentários:

  1. Esse é o único livro que tenho da série, e preciso dos outros para começar a ler este, porque leio tantas resenhas positivas por aí que já sei que logo que terminar de ler o primeiro, vou querer ler os outros, hahaha. Adorei sua resenha!

    Beijos,
    Leia a resenha de "Lugares Distantes"

    ResponderExcluir
  2. Eu também tinha um certo receio por ler histórias de época, e tb comecei por "O duque e eu" e gostei , agora estou querendo os outros livros da série.
    Gostei da sua resenha.
    Beijos
    becodoleitor.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi, Sil. Eu não costumo ler romances de época, sempre acho todas as histórias bem clichês e com o mesmo assunto reunido em volta da família e do casamento. Os Bridgertons recebem bastante elogios, mesmo assim não consigo me interessar pela série da Julia Quinn. Enfim, espero que você curta todos os livros.
    TAG | Venha o Diabo e Escolha!, arafaelagodoy.com.br

    ResponderExcluir
  4. Olá Silviane :)
    Menina você fez ter começado esse gênero pela diva Julia Quinn, eu também não sou muito fã de cenas eróticas, mas como você disse as cenas não são forçadas e introduz bem na história, eu recomendo que leia os livros da Lisa Kleypas também, se gostou de O Duque e Eu vai gostar ainda mais do segundo que tem uma história linda! Ótima resenha.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Oi, Sil

    Oba, que bom que curtiu O Duque e Eu. Eu tenho os quatro primeiros livros, mas sempre ficava postergando a leitura. Até que tive que ler um livro divertido para o I Dare You, desafio literário do qual participo, e muitas pessoas falavam que O Duque e Eu era divertido...não deu outra, me diverti muito e me apaixonei por essa família! Gostei tanto que já até li o segundo e lerei o terceiro assim que terminar minha leitura atual!

    Beijo
    - Tamires
    Blog Meu Epílogo | Instagram | Facebook

    ResponderExcluir
  6. Oi Sil! Eu sou fãs de romances de época e esta é minha série preferida. A autora valoriza muito a família em todos os livros e muitas vezes as cenas da mãe com os os filhos são melhores que a do casal.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  7. Oi Sil,

    adorei a resenha! Eu amo romances de época e sou fascinada com os livros da Julia! Claro, são leituras despretensiosas, mas muito divertidas e fofas!

    Beijos!
    Visite o Mademoiselle Loves Books
    http://www.mademoisellelovesbooks.com/

    ResponderExcluir
  8. Tem como não se apaixonar por esta família? Eu até agora já tive a sorte de ler todos publicados e sou só elogios aos Bridgertons. Dou muita risada com estas leituras e ao mesmo tempo consigo me emocionar também. Vale cada linha lida sem dúvida, tomara que você consiga ler os demais e que goste dos livros.

    Beijo, Van - Retrô Books
    http://balaiodelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Esse é o primeiro? Finalmente! Eu adorei... Vivo lendo resenhas dos livros seguintes dessa saga e curto rodos, agora vi o primeiro e não vou conseguir mais fugir! Hahaha
    Não sou uma pessoa de romance e o único que li foi Orgulho e Preconceito, mas estes parecem ser diferentes... Será que tô certa? Vou arriscar. Valeu a dica.

    >> Vida Complicada <<

    ResponderExcluir
  10. Oi Silviane.
    Ainda não comecei a ler essa série tão elogiada nas resenhas que sempre leio. E cada vez que leio comentários sobre algum livro eu desejo cada vez mais. Sua resenha deixou minha curiosidade ainda maior pelo primeiro livro e espero continuar lendo mais resenha sobre os outros livros da série.

    Bjos

    http://historiasexistemparaseremcontadas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oie, tudo bem?

    Estou louca para ler essa série. Ouço falar tão bem dela e da escrita da Julia Quinn. Adorei a resenha, e espero poder ler a obra em breve.

    Beijos,
    Dai | Cheiro de Livro Nacional

    ResponderExcluir
  12. Oi Sil!

    Realmente esse gênero é um dos queridinhos das blogueiras, vira e mexe a maioria das resenhas são dos romances de época e a Julia Quinn ppelo visto é uma autora incrível! Fico feliz que o livro tenha te agradado, até compreendo suas ressalvas quanto a um aspecto do costumo em relação as mulheres, eu também me incomodaria, mas como é passado em um século diferente, até dá para relevar. Tenho esse livro para ler e estou animada, espero sim gostar e saber o que tanto tem no livro que deixa os leitores sedentos por mais!

    Da Imaginação à Escrita

    ResponderExcluir
  13. Não é muito meu tipo de livro, mas me interessei muito!
    Adorei sua resenha!!!
    Beijos
    www.somosvisiveiseinfinitos.com.br

    ResponderExcluir
  14. Helloo, Sil! Tudo numa nice?!
    Ah, eu nunca li nada da autora justamente porque tem um teor erótico. Eu fico um pouco frustrada porque amooo História Geral e geralmente livros históricos ou de época são contextualizados com o erótico nos livros e eu não curto, queria ver mesmo os costumes antigos e coisa e tal. Mesmo vendo em muitos blogs por aí eu não tenho vontade de ler. Concordo que em determinados casos toda a família junto fica chato, mas em outros casos como esse parece funcionar bem. Eu gosto dos pais e todo o drama nos livros, você deve ter percebido isso com Rosas de cabeceira. Eu sempre choro quando os pais morrem é tão triste.
    Enfim, gostei de alguns pontos da leitura que ressaltou, ainda assim eu não leria.
    Que bom que você curtiu. Porque a pior coisa é ir atrás de um livro que todo gosta e depois se decepcionar. Eu sou a anormal da blogosfera e só lê tudo diferente, tenho o instinto de gostar do que a maioria não curti. O que eu sei, não é?! ahaha
    Beijin...
    Pieces of Alana Gabriela

    ResponderExcluir
  15. Ahhhh Julia Quinn é excelente, amo demais! Toda essa família maluca, mas meu preferido é o segundo O visconde que me amava! espero que vc goste!

    Bjs, Michele

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  16. Oi!!!


    Já li várias resenhas desse livro, e da família, e sempre tive em bom conceito. Por não ser água com açúcar fica melhor ainda, parece ter uma leitura leve, fluída e densa. Ando empolgada e talvez a próxima resenha seja a minha.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  17. Oi, Sil!
    Apesar de ler muito romance e ser uma própria romântica incorrigível, também não sou nada fã das cenas mais sensuais, sempre pulo todas, rs, e tanto foi que mesmo ao ter a oportunidade de ler O Duque e Eu no ano passado, acabei trocando-o, mas admito que fico com vontade de readquiri-lo de novo um dia só pelas risadas e o ambiente familiar dos Bridgertons. E que bom que, mesmo não curtindo exatamente o estilo de época, você gostou tanto e vai continuar a série, realmente é uma das mais recomendadas e queridinhas do gênero!
    Beijos!

    ♥ Sâmmy ♥
    ♥ SammySacional ♥

    ResponderExcluir
  18. Nhaiiiiiiiiiiiii? Bleeeergh!

    Oi Sil!! Gostei da sua resenha e acredito que a história do livro realmente seja bem interessante, eu já li outras resenhas desse mesmo livro e realmente fiquei até curioso sobre a história, sinceramente eu fico curioso com livros de romance de época, porém ainda assim eu não leria por motivos alguns motivos pessoais que já te falei e vou falar de novo claro!!
    1- É tudo muito heteronormativo em livros de época e isso não me agrada;
    2- Algo que você citou em sua resenha, a forma como as mulheres são tratadas, não me desce;
    3- É todo mundo muito branco nesses livros e eu não me encontro e nem me identifico com eles.

    Xo
    Alisson
    Re.View

    ResponderExcluir
  19. Eu também não sou adepta a essa febre, mas tenho que confessar que tenho algumas amigas que me falam tão bem dessa série que fiquei curiosa. Inclusive, uma delas vai me emprestar. Vamos ver se vou gostar tanto quanto você.
    Mulheres são tratadas como inferiores até hoje, quem dirá num romance de época!
    Acho que cenas eróticas nesse tipo de livros são inevitáveis, eu também não gosto, mas como o livro tem história, não incomoda muito.

    parado-na-estante.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  20. Oi!
    Toda vez que me deparo com uma resenha de romance de época eu lembro que preciso ler algo desse gênero.
    Será que vai acontecer comigo o mesmo que aconteceu contigo, será que quando ler pela primeira vez
    vou gostar e querer devorar os livros da série?
    Nossa essa resenha me deixou com muita vontade de ler, pelo visto é uma leitura prazerosa, com toques de humor e momentos tensos.
    Beijão!
    Lilica - O maravilhoso mundo da leitura

    ResponderExcluir
  21. Esses irmãos são os queridinhos de todo mundo que lê, não tem uma resenha que eu leia que seja negativa e eu não escapo à vontade de ler também não. Diferente de você, gosto dos romances de época, mesmo tendo essa questão da inferioridade feminina imposta pela época, eu compreendo que é coisa da época em si e não me incomoda na leitura, sinceramente, até porque as mocinhas dos livros são sempre muito badass. Acho que o que mais me chama atenção nessa série é as pessoas sempre falarem que é divertido, engraçado. Enfim, quero ler.

    beijos

    ResponderExcluir
  22. Oiii!

    Sil, eu estou com muita vontade de ler essa série! Nunca vi nenhuma negativa para a obra. Gosto de saber que os personagens são bem desenvolvidos pois as vezes eu acho que alguns autores esquecem de trabalhar isso nas obras.
    Sua resenha está linda e mega envolvente, me senti no ambiente da história.
    Nesse estilo é dificil não ter hots né? Mas normalmente são bem leves e trabalhadas.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  23. Oieee... tudo bem? Comprei esse livro recentemente, mas ainda não tive a oportunidade de ler! Esta é uma série que os leitores falam super bem e, por esta, razão resolvi dar uma chance, porque confesso que não sou muito fã do enredo, mas a curiosidade aguçou minha leitura!

    Amei sua resenha e espero, assim como você, ao acabar de ler o primeiro volume saia correndo em busca dos demais! eheh


    Bj
    Keyla -http://www.blogleituraterapia.com.br/

    ResponderExcluir
  24. Oie, Silviane! Eu gosto muito dos históricos e também tenho certa aversão aos momentos que as mulheres são subestimadas ou tratadas mal, por isso prefiro aquelas protagonistas que sabem o que querem ou precisam e de uma forma ou de outra lutam por aquilo, seja uma família como a Daphne, seja por outras coisas como outras mocinhas que conheci.
    Amo todos os livros da série e esse é um dos meus prediletos... Ah, mas eu tenho uma paixonite pelo Anthony, então sou suspeita para falar nele, as vezes ele é mandam e controlador, mas tem uma preocupação e ligação muito profunda com sua família.
    Bejuus e fique atenta, Lady Danbury aparece muito igual a uma outra Lady extremamente fofoqueira... kkk
    Anna - Letras & Versos

    ResponderExcluir
  25. Oi Sil, tudo bem?

    Essa já é a segunda resenha que eu vejo de pessoas que não tinham o costume de ler romances de época, mas após ler esse livro, acabaram gostando e procurando por mais. Enfim, eu realmente não sou fã, e sinceramente, não tenho muita vontade de conhecer. Mas gosto dos personagens que a autora cria, parecem ser todos bem construídos, e gosto da família tão presente na história. Gosto muito de livros com relações familiares.

    Espero que você continue gostando das histórias!!

    Beijinhos,

    Rafaella Lima || Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir
  26. Oi!
    Essa série parece incrível, todas as resenhas que vejo, percebo que a autora consegue conquistar o leitor, e mesmo quando tem na história um aspecto que ele não goste, isso passa despercebido pois tudo parece realmente bem construído.
    Estou bem curiosa pra ler esse primeiro também, principalmente que agora acabaram de publicar toda a série aqui no Brasil.

    www.gordinhaassumida.com.br

    ResponderExcluir
  27. Oi!
    Essa série parece incrível, todas as resenhas que vejo, percebo que a autora consegue conquistar o leitor, e mesmo quando tem na história um aspecto que ele não goste, isso passa despercebido pois tudo parece realmente bem construído.
    Estou bem curiosa pra ler esse primeiro também, principalmente que agora acabaram de publicar toda a série aqui no Brasil.

    www.gordinhaassumida.com.br

    ResponderExcluir


Obrigada por comentar no Estilhaçando Livros. Se você tiver um blog deixa seu link que vou retribuir a visita com o maior prazer.