15/01/2016

Resenha: Métrica



Título: Métrica
Autora: Colleen Hoover
Editora: Galera Record
Páginas: 304
Compre: Amazon | Submarino
Mais informações no Skoob
Sinopse: O romance de estreia de Colleen Hoover, autora que viria a figurar na lista de best sellers do New York Times, apresenta uma família devastada por uma morte repentina.
Após a perda inesperada do pai, Layken, de 18 anos, é obrigada a ser o suporte tanto da mãe quanto do irmão mais novo. Por fora, ela parece resiliente e tenaz; por dentro, entretanto, está perdendo as esperanças. Um rapaz transforma tudo isso: o vizinho de 21 anos, que se identifica com a realidade de Layken e parece entendê-la como ninguém. A atração entre os dois é inevitável, mas talvez o destino não esteja pronto para aceitar esse amor.

Na trama somos apresentadas a Lake e Will e no começo fiquei incomodada como logo aconteceu à conexão entre eles, e eu confesso que demorei até o segundo livro para me convencer de verdade desse amor (inclusive em Pausa esse amor é questionado pela própria personagem, mas enfim... Assunto para outra resenha). É claro que eu não posso em hipótese alguma negar que eles são uns lindos juntos e eu quero pegar eles no colo e ama-los.

Lake é uma garota que passou por uma grande perda e por consequências da vida teve que se mudar com sua mãe e seu irmão mais novo. Tão logo que eles chegaram à nova cidade seu irmão fez amizade com um garotinho simpático que mora na casa da frente. Ele é o irmão mais novo de Will e puf, o amor acontece. Will é um rapaz simpático, engraçado, inteligente e romântico. Como se bastasse todas as suas qualidades ele é um amante de poesia e logo nas primeiras páginas somos apresentadas a Poesia Slam, que fica presente durante toda a narrativa e deixa a história mais interessante. Os momentos onde as poesias slam estão presentes ou são extremamente lindas/dramáticas ou engraçadas. Eu acho que a autora poderia ter usado mais slam durante o livro, pois realmente é um diferencial.

Foto: Silviane Casemiro | Estilhaçando Livros

Em um livro como Métrica é difícil ficar se prendendo apenas nos personagens principais, pois eu acredito que ele vai além do amor entre uma garota e um garoto. Ele nos mostra (e muito) o amor entre família, assim como a sua importância e o seu valor. Não vou ficar falando o motivo disso no livro, pois só lendo para entender; E isso realmente me tocou de uma forma como nenhum outro livro já tenha tocado. O que eu mais gostei nesta obra foi que o romance e os dramas que envolvem a história, apesar de clichê, não é nenhum pouco chato. Apesar de Will ser o primeiro amor verdadeiro de Lake ela não faz um drama exagerado em cima disso, apesar de ela ainda ser nova é responsável e tem os pés no chão. Um exemplo de que para ser protagonista não precisa ser chata/sem graça; Assim como o Will é um exemplo de que para ser o amor da vida da protagonista ele não precisa ter pinta de badboy, ser maromba, esquentadinho e tatuado.
(...) será que as cinco fases do luto só se aplicam à morte de um ente querido? Será que elas também não se aplicam à morte de algum aspecto de sua vida? Nesse caso, estou bem no meio da fase dois: a raiva.
Ele a trata com respeito o tempo inteiro? Essa é a primeira pergunta. A segunda é: se, daqui a vinte anos, ele fosse exatamente a mesma pessoa que é hoje, você ainda assim se casaria com ele? E, finalmente, ele faz com que você queira ser uma pessoa melhor? Se conseguir responder “sim” às três em relação a uma pessoa, então encontrou um homem decente.

13 comentários:

  1. Muitos livros o casal principal se apaixona de maneira fácil, mas ao desenrolar da história a gente entende o porque.
    Vejo falar muito bem dessa trilogia.
    Gosto de livros que nos envolve com todos os personagens.
    Beijinhos
    becodoleitor.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Adorei sua resenha Sil, confesso que dei risadas na parte "eles são uns lindos juntos e eu quero pegar eles no colo e ama-los " já senti isso por alguns personagens também.
    Fiquei extremamente curiosa para ler.

    Visite: http://carpediemmica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi, Sil. Tudo bem?
    Nunca tinha ouvido falar, ou lido sobre, este livro.
    Gostei bastante da premissa e fiquei mais curiosa com relação ao livro quando falou você falou que eles não são personagens tão comuns. Realmente enche a maneira como alguns personagens agem e fazem drama, né?

    Um beijo!
    Crônica sem Eira

    ResponderExcluir
  5. Acho que esse é o único livro famoso dela que me falta pra ler. A sinopse parece tão simples, nunca consigo ver algo que me prenda a curiosidade, mas já que elogiam tanto, e a sua resenha foi total positiva também, acho que não custa arriscar né

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/
    Tem resenha nova no blog de "O Lado Feio do Amor", vem conferir!

    ResponderExcluir
  6. Oi, Sil!
    Todo mundo elogia horrores esse livro, mas sabe que não bate aquela vontade de ler? Tem algo na história que não me chama atenção.
    Gostei muito da sua resenha. Apesar de algumas coisas, deu pra perceber que foi uma boa leitura.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  7. Adorei a resenha! Esse livro parece ser demais exatamente pelos protagonistas não serem convencionais!
    Beijos
    www.somosvisiveiseinfinitos.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oi Sil,
    Já coloquei a autora como prioridade na minha meta desse ano.
    Sempre lendo elogios sobre os livros dela, fica difícil.
    E esse envolvendo poesia me deixa curiosa, já que sou uma negação no assunto haha

    Ótima resenha e adorei os quotes.

    Tenha um ótimo final de semana.
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  9. Nossa... você citou pontos que eu nem imaginava ter nesse livro. Fiquei muito interessada. ^^ Fiquei com invejinha branca também. Será que algum dia vou conseguir criar um livro tão bom assim? kkkk
    Te indiquei para uma TAG! Se quiser responder aqui coloco as perguntas...porque não tem como copiar nada lá no meu espaço!
    1-Glam Cinderella- Um livro glamouroso que você comprou somente pela capa
    2-A Madrasta- O pior livro que você leu na vida
    3- As Irmãs más- cite dois livros que maltrataram sua mente
    4- Hora da faxina- As irmãs más e a madrasta saíram para comprar roupas e sapatos para o baile e você ficou em casa cuidando da faxina- Cite um livro "sujo" (com muitos palavrões, conteúdo forte) que você possa ter gostado ou não.
    5-Carruagem de abóbora- Um livro que fez você viajar por diversos lugares
    6-O grande baile- cite um evento que aconteceu em um livro que você queria ter participado
    7-Sapatinho de Cristal- Um livro que você perdeu, vendeu ou trocou e gostaria de ter novamente na estante.
    8-Depois da meia noite- Um livro que você queria muito ler, mas que perdeu o encanto depois de algumas páginas.
    9- O príncipe- um personagem que pisou na bola em um relacionamento, mas depois correu atrás do prejuízo
    10- Fada madrinha- Um livro que tirou você de uma pesada ressaca literária

    Beijos,
    Monólogo de Julieta

    ResponderExcluir
  10. Olá :)
    Menina esse livro realmente é mais que um romance, trata sobre tudo, adoro a história!
    Beijos,

    http://livrosentretenimento.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Quero tanto ler esse livro mas está sempre tão caro e fico com preguiça de ler em e-book :(
    Bjs

    http://restauradordosnervos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Oi
    acredita que nunca li esses livros, parece ser um livro interessante e eu gosto da escrita da autora,
    Gostei da resenha e depois da sua resenha fiquei mais curiosa com a leitura.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Romance não é exatamente o meu forte. É mais algo que eu gosto de acompanhar ou por pouco tempo - como num filme, por exemplo -, ou apenas como uma backstory, sabe? A questão é que pra todo lado que eu vou, tem pessoas com o gosto literário relativamente parecido com o meu, que falam que gostaram desse livro (A maioria não gostou tanto do segundo, porém). Então talvez um dia eu acabe me rendendo... Haha

    http://eujovemdemais.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir


Obrigada por comentar no Estilhaçando Livros. Se você tiver um blog deixa seu link que vou retribuir a visita com o maior prazer.