21/10/2015

Resenha: Feios

Estou resgatando uma resenha que fiz para o blog Clicando Livros mais ou menos em maio deste ano e que acabei não prosseguindo com a resenha dos outros livros da trilogia mas pretendo fazer isso por aqui: Feios.


Título: Feios
Autor: Scott Westerfeld
Editora: Record
Páginas: 415
Saiba mais no Skoob
Onde comprar: Buscapé
Sinopse: Tally está prestes a completar 16 anos, e ela mal pode esperar. Não por sua carteira de motorista – mas para se tornar bonita. No mundo de Tally, seu aniversário de 16 anos traz uma operação que torna você de uma horripilante pessoa feia para uma maravilhosa pessoa linda e te leva para um paraíso de alta tecnologia onde seu único trabalho é se divertir muito. Em apenas algumas semanas Tally estará lá. Mas a nova amiga de Tally, Shay, não tem certeza se ela quer ser bonita. Ela prefere arriscar sua vida do lado de fora. Quando ela foge, Tally aprende sobre um lado totalmente novo do mundo dos bonitos – que não é tão bonito assim. As autoridades oferecem a Tally sua pior escolha: encontrar sua amiga e a entregar, ou nunca se transformar em uma pessoa bonita. A escolha de Tally faz sua vida mudar pra sempre.

Feios é uma daquelas distopias onde o romance prevalece em toda a trilogia, porém isso não deixa a obra ruim. É claro que atrapalha em alguns momentos, mas o que seria das nossas protagonistas sem o amor

Tudo o que Tally queria é ficar perfeita, porém quando sua amiga Shay foge em busca dos Enfumaçados o sonho de Tally praticamente se desfaz. As autoridades a obriga ir atrás da amiga e traze-la de volta, caso contrário ela nunca será perfeita. Alienada como Tally é não consegue imaginar a sua vida como feia para sempre, sem os seus amigos que já passaram pelo processo, sem as festas, sem a luxuria, e tudo o mais. Contra sua vontade ela vai atrás de Shay. A sua viagem é muito esclarecedora para o leitor - e para Tally também - sobre como é o seu mundo; Como as cidades ficaram após a destruição que nós - os Enferrujados - fizemos. Na nova edição do livro que a Galera Record lançou da para ter uma breve ideia de como é, porém durante a leitura eu sempre me lembrava das imagens promocionais do filme Eu Sou a Lenda (aquelas onde tem as cidades). Um pequeno problema com a viagem de Tally é que ela é um pouco longa, mas não é parada ou tediosa. Nisso eu devo parabenizar o autor, já que ele criou diversas situações em que o leitor fica apreensivo sobre o que vai acontecer em seguida sem se entediar.

Ao chegar, finalmente, ao seu destino Tally se vê rodeada de Enfumaçados, pessoas que por vontade própria se refugiaram na natureza e lutam contra o governo e a cirurgia da perfeição; Todos os Enfumaçados são refugiados das cidades, com exceção de David. Ele é nascido e criado na natureza e nunca teve contato com as cidades e/ou os Perfeitos. A presença de David serve para mostrar ao leitor o que, de verdade, é a perfeição, já que todos nós com certeza já idealizamos uma versão perfeita de nós mesmos. Quem nunca sonhou em ter um nariz perfeito, uma boca mais carnudinha, os olhos mais levantados e não apenas no rosto mas em todo o corpo? Todos dizem "o que vale é o que a pessoa é por dentro" mas sempre vemos defeito em alguém, conhecido ou não. David, por ser nascido longe da civilização, não tem essas vaidades ou pensamentos. Ele sempre viu as pessoas pelo que elas são de verdade e não é diferente quando conhece Tally. Não vou ficar falando sobre o relacionamento de Tally e David pois não acho pertinente, pelo menos no primeiro livro da trilogia. Eles se conhecem e se conectam de alguma forma, porém a força do relacionamento vemos muito mais adiante. 

A questão principal é que com os Enfumaçados, Tally finalmente tem a oportunidade de descobrir a verdade sobre seu governo e a cirurgia e decidir se vai ou não querer voltar para realizar o seu grande sonho. Mesmo com a pequena semente de duvida plantada por Shay no inicio do livro, Tally ainda não se viu convencida de que a vida seria boa sem a transformação. Pode parecer algo idiota da minha parte, porém eu acredito que uma das coisas que podem deixar uma distopia mais interessante é quando o leitor se questiona se a maneira como o governo encontrou para resolver os problemas da humanidade é certo ou não. E eu fiquei com essa duvida grande parte da leitura desse primeiro volume. Nós sabemos como nossa sociedade atual é, nós sabemos muito bem que estamos nos destruindo aos poucos justamente por causa dessa grande diferença que temos e não digo diferenças apenas nas aparências e sim social, racial, crenças, etc. Aparentemente, tendo um mundo onde não existe essas diferenças podemos acha-lo perfeito. É até utópico pensar dessa forma, certo? E não fica muito longe do que o livro nos mostra inicialmente. Portanto acho que nessa narrativa somos todos um pouco Tally e por isso fica tão difícil julgar as suas atitudes como sendo errada (e eu falo desde o inicio do livro).

Feios é o tipo de livro que você pode ler em um dia (ou duas tardes/duas madrugadas), pois a narrativa de Scott é tão fluida que não vemos o tempo passar, e mesmo nos momentos mais chatinhos temos informações ou acontecimentos que nos deixa curiosos para o próximo capítulo. Para quem adora distopias é uma ótima indicação, principalmente por conta da reflexão que eles nos propõe durante a leitura.

Infelizmente como eu li o livro há muito tempo e na versão digital acabei perdendo as quotes marcadas :(

--------------------------------------------------------------------------------------------------

PARTICIPE!

15 comentários:

  1. Caramba, esse livro parece ser muito bom. Eu vi ele um tempo desse em uma promoção, mas como nunca tinha ouvido ninguém falar sobre ele, acabei nem comprando. Tô meio arrependida agora kkk

    Beijos,

    http://sweetlikecaramel.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Olá, tudo bem?
    Ainda não tive a oportunidade de ler Feios e demais livros da série, mas pretendo futuramente.
    As capas e sinopses sempre me chamaram bastante atenção.
    Espero vir a gostar tanto quanto você gostou.
    Até mais. http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Esse lance do romantismo sempre me deixa com o pé atrás, apesar de gostar de distopias.
    Sempre achei a proposta desse livro interessante, mas as capas me faziam fugir dele (não devemos julgar pela capa, eu sei, mas não consigo! :$). Até que um belo dia eu li a duologia Vampiros em Nova York, do mesmo autor. Aí já quis ler tudo dele!
    Não li a série ainda mais por motivos financeiros, mas tá na lista!
    =D

    http://osdragoesdefogo.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Já peguei várias vezes esse livro pra ler e todas as vezes desistia. Já li alguns livros do Scott Westerfeld e ele tem uma mania de escrever um capítulo da história e no outro capítulo falar sobre algo cientifico (ou sei lá) que tinha sim haver com a história, mas que me deixava agoniada porque eu queria saber o que se passava na história e, por isso, sempre acaba desistindo da história porque não tinha paciencia. Não lembro se em Feios acontece o mesmo, mas em praticamente todos os livros do Scott acontece isso, por isso eu não leria, mas sempre fico cheia de curiosidade.
    Estante de uma Fangirl

    ResponderExcluir
  5. Eu conhecia esses livros por cima, sabia que fizeram muito sucesso. Mas não entendia direito do que se tratava.
    Mas amei a estória muito legal. A mensagem que o livro que passar é exatamente do que precisamos ultimamente!!

    Beijos
    www.ooutroladodaraposa.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi
    Esse é um livro que leio comentários negativos e positivos
    Pelo menos você gostou da leitura e por causa da resenha eu agora fiquei realmente curiosa
    quem sabe eu leia em e-book;.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Coisa doida, isso nunca acontece, mas eu peguei esse livro um dia, comecei a ler e meio que deixei de lado. Esqueci dele e não tive vontade de voltar. Sei lá. Talvez eu o pegue novamente um dia.

    ResponderExcluir
  8. Esse livro parece bem interessante
    Big Beijos
    Lulu on the Sky

    ResponderExcluir
  9. Eu comecei a ler esse livro no começo do ano, mas como estava em processo de mudança, acabou que parei de ler. Lembro que tinha achado interessante, mas não tinha me arrebatado na leitura. Talvez eu deva voltar a ler, com certeza vou refletir bastante sobre perfeição e imperfeição.
    Beijos!

    ldeluiza.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Oie, Sil!
    Uma amiga tinha me indicado esse livro há algum tempo, mas fui colocando outras estórias na frente e as tornando prioridades, no fim acabei deixando Feios de lado. Quando vi o livro de novo e pensei em lê-lo fiquei desencorajada por causa do monte de páginas e porque eu queria ler tantos livros e achei que iria demorar com aquele e me atolaria nas leituras. Bem, a sua resenha me convenceu e fiquei com vontade conferir.
    Beijin...
    http://piecesofalanagabriela.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oii! Uma amiga vivia pedindo pra eu ler esse livro, mas nunca criei coragem! Ótima resenha.
    Beijos
    mundoemcartas.blogspot.com.br
    Sorteio de "Quem é você, Alasca?" -> http://goo.gl/Zz25B0

    ResponderExcluir
  12. Oi, tudo bom?
    Esse livro parece ser realmente bom, porém estou um pouco saturada de distopias e séries. Estou preferindo os livros únicos.
    Beijos, lendocomabianca.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Amei a resenha!!

    Esse livro estava na minha lista há tempos!!! Fiquei com mais vontade de ler agora!

    Bjs
    www.garotadebotas.com

    ResponderExcluir
  14. Esse livro está na minha lista a um tempinho, to criando coragem para adquirir.
    Post it & Livros

    ResponderExcluir
  15. Olá Flor
    Tudo bem?
    Gostei bastante da Resenha, eu Havia encontrando esse livro e varias livrarias, mas nunca me chamou atenção, pensei que parecia mais uma livro de auto tipo aceito a si mesmo como você é HAHAHA mais o menos isso!Mas depois da sua Resenha, achei máximo, acredito que a ideia em si do livro e algo realmente feito pra refletir e pensar sobre nossas atitudes e nossa sociedade,e politica claro como você mesmo citou, mas com agenda Cheia, mulher não é fácil, mas espero ler!
    Beijinhos
    http://resenhaatual.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir


Obrigada por comentar no Estilhaçando Livros. Se você tiver um blog deixa seu link que vou retribuir a visita com o maior prazer.