21/09/2015

Resenha: História em Retalhos

Lembram que há algumas semanas anunciei a parceria do blog com a autora Nina B. Prescott? Pois bem, aqui está a resenha da sua coletânea de contos Histórias em Retalhos disponível na Amazon.


Título: Histórias em Retalhos
Autor: Nina B. Prescott
Editora: Independente
Páginas: 52
Saiba mais no Skoob
Onde comprar: Amazon
Sinopse: Histórias em Retalhos é uma coletânea de contos intrínsecos e sinceros que narra a história de uma mãe introspectiva, o amor de uma irmã pelos irmãos bastardos, uma garota apaixonada e uma filha que enfrenta dificuldades com a perda dos pais. A coletânea aborda de forma sensível o sentimento mais singelo de todos: o amor.

Eu tenho muita dificuldade com a resenha de contos. Se falar muito entrega toda a história e se ocultar os detalhes acaba não falando nada que desperte o interesse do leitor para a realização da leitura. Mas vou tentar da melhor forma possível falar sobre esses contos que a Nina da de presente aos seus leitores. Sim. História em Retalhos com certeza seria um livro que eu daria de presente para alguém especial. Suas histórias tão comuns e diferentes faz o leitor se identificar à partir dos detalhes. Vou falar dos meus favoritos.

Os Filhos de Meu Pai: Neste conto Nina nos mostra uma garota contando para seus irmãos sobre o seu amor. Querendo se justificar por algo que fez não apenas no passado distante mas também no passado recente. Gostei bastante desse conto pois ele nos mostra que o amor nos faz fazer loucuras, coisas sem pensar. Por causa dele deixamos as consequências de lado e nada mais importa. Se isso é certo ou errado? Bom, aí é outra história.

Querido Louis: Eu adoro um romance e quando é romance adolescente então eu me esbaldo. Ao ler Querido Louis eu já fiquei imaginando várias coisas que poderiam rechear está história para o leitor ter um livro YA em mãos. A carta da menina apaixonada a resposta de seu efeto e a decisão que irá mudar suas vidas. Relembrei um pouco da minha própria adolescência conforme Mia contava algumas coisas que fez ao guardar seus sentimentos. Com certeza trás um pouco de nostalgia. 

Os outros contos também são ótimos mas não fizeram tanto efeito em mim, acredito que pela diversidade das histórias que Nina conta é muito fácil para o leitor se identificar pelo menos com um deles. Após os contos ela nos prestigia também com alguns poemas de sua própria autoria além de um texto explicando sobre o seu processo de escrita e um pouco das histórias que o livro contém. Gostei bastante desse detalhe pois muitas vezes ficamos curiosos com o que inspirou o autor para um livro, poema, conto e tal e nunca sabemos a resposta. 

Fiquei bastante curiosa para conhecer mais de Nina, já que na verdade ela é autora de thrillers, livros de terror e policiais; Espero poder ler alguma obra dela em breve e sentir as diferenças.
Olhei para você bem fundo porque te enxerguei com as palavras.

Para conhecer mais sobre Nina leia o post de apresentação.  

23 comentários:

  1. O conto do Querido Louis parece ser realmente bom! Romances YA são maravilhosos e essa capa é linda. Mesmo nunca tendo comprado nada pela Amazon deu vontade me arriscar só pra ter esse livro <3
    Estante de uma Fangirl

    ResponderExcluir
  2. Não conhecia o livro, e achei essa capa linda demais, realmente seria um lindo presente e eu adoraria recebê-lo. hahaha
    Devo confessar que nunca li contos,não um livro só deles, morro de vontade e já até coloquei alguns na lista de desejados, acho que vou acrescentar esse também. Ótima dica ♥

    Beijos
    Dani Cruz
    blog-emcomum.blogspot.com.br
    Twitter - @blogemcomum / Insta - @blogemcomum / Fanpage Em Comum

    ResponderExcluir
  3. Oi Sil!

    Tenho esse e-book na minha biblioteca Kindle! Confesso que eu não estava tão iteressada em lê-lo, mas fiquei curiosa para conhecer os demais contos e poemas da Nina, dos dois contos citados, achei Querido Louis muito fofo! Vou ler em breve. :D

    http://www.daimaginacaoaescrita.com/

    ResponderExcluir
  4. Muito interessante. Eu gosto de ler livros de contos, poesias... na verdade eu sou uma leitura pau para toda obra. kkkkk A capa é muito fofa e a vi pela primeira vez no Skoob. Só não gostei de saber que as histórias são comuns. Acredito que contos devem possuir diferenciais. Enfim... eu leria, ainda mais pelo bônus de poesias no final.
    Ficaria muito feliz em receber sua visita também. Te espero lá no meu blog.
    Beijos,
    Monólogo de Julieta

    ResponderExcluir
  5. Oi Sil, tudo bem?
    Você tem toda razão, resenhar contos é sempre complicado.
    Eu não muito fã de livros de contos, ou afins. Mas, este me pareceu interessante.
    Fiquei curiosa a respeito do conto Meu Querido Lou, e por isso vou anotar sua dica. Quem sabe uma hora dessas resolvo conferir?
    Já seguindo aqui e nas redes sociais.
    Obrigada por sua visita lá no Doces.
    Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  6. Ainda não conhecia :)
    Um beijão e até mais.

    www.queridaga.com

    ResponderExcluir
  7. Olá!!
    Nem me fale, resenhar conto é um desafio mesmo!
    Conto não é uma leitura que costumo fazer, pois são curtinhos e na hora que eu começo a ficar empolgada simplesmente acaba =/
    Se fosse para ler algum dos que vc citou gostei mais de Querido Louis""
    Beijão

    ResponderExcluir
  8. Oi Sil, tudo bem?

    Resenhar contos é mesmo uma tarefa difícil. mas acredito que você se saiu bem. Bom, acho que deixaria passar o livro de conto da autora, mas fiquei curiosa com os Thriller. Mas é ótimo quando conseguimos nos identificar com o personagem. "Os Filhos de Meu Pai" tem uma premissa bem interessante.

    Beijinhos,

    Rafaella Lima // Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir
  9. Oiii!

    Eu também não sei resenhar contos. Sempre acho que vou falar de mais ou de menos.
    Mas adoro ler esse tipo de livro. Logico que me atraiu. Gostei da forma como você resenhou :D

    Espero que você consiga conhecer os demais trabalhos dela.


    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
  10. Olá,
    Não conhecia a autora nem a coletania mas como adoro contos ja fiquei interessado. Esse Querido Louis parece ser bem legal, pena os outros não terem te instigado mais :/.
    Abraço!
    Leitura Fora De Série

    ResponderExcluir
  11. Olá,
    Eu não gosto muito de livros de contos porque no geral ele quase sempre deixa a desejar em uma história ou outra, eu raramente os leio, pior ainda é quando a obra não mexe tanto com a gente. Mas gostei da resenha, não sabia que a autora escrevia outros gêneros.
    Beijos.
    Memórias de Leitura - memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Oi Sil, tudo bem?
    Eu também tenho essa dificuldade com resenhas de contos, quase não publico resenhas lá no blog desse gênero pela minha dificuldade em escrevê-las.
    Gostei da premissa do livro, principalmente do conto Querido Louis, e quando puder vou dar uma olhada no preço dele. Não sabia que a autora também escrevia thrilles e policiais, fiquei curiosa a respeito dessas outras obras.
    Parabéns pela resenha :D

    Beijos
    www.leitorasempre.com

    ResponderExcluir
  13. Ola Sil gostei muito dos contos que selecionou, eu amo contos e ainda mais quando falam de amor, sempre deixam uma linda mensagem. Não conhecia o livro nem a autora e gostei muito. Fazer resenhas de contos é sempre um desafio para não falarmos demais . Dica anotada. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  14. Olá, Sil! *-*
    Gostei muito da sua resenha. Obrigada por encontrar um tempo para ler o meu livro e pela oportunidade (por ter me contatado naquele dia. Sério mesmo. Fiquei deslumbrada, sorrindo por demais. Já viu que tenho um sorriso enorme,néh!? Pois foi daquela que eu estava :D). Fico muito feliz! Que legal que Querido Louis e os Filhos do Meu Pai chamou a sua atenção.
    Beijinhos...

    ResponderExcluir
  15. Oi Sil, tudo bem? Caramba, eu lembro do nome Nina Prescott de algum lugar, eu acho que deve ser um pseudônimo porque eu lembro de uma personagem com esse nome! Eu não sou muito fã de contos na verdade, para mim tudo passa muito rápido e deixa aquela sensação de está faltando agora! Mas como boa romântica que sou Querido Louis seria minha escolha

    ResponderExcluir
  16. Oi Sil, sua linda, tudo bem
    Eu achei essa capa tão fofa e pelo visto está bem dentro do clima das histórias. Você falou com tanta empolgação do conto do Louis, que fiquei interessada, também gosto muito de romances adolescentes, as vezes, eles nos lembram da inocência que a fase adulta perde, e que dão um gostinho todo especial. Não tenho o costume de ler livros de contos, mas gostei da sua dica. Sua resenha ficou ótima!!!!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Oi Sil! A capa é muito linda, e lendo sua resenha tive uma sensação de leveza, tranquilidade. Não sou acostumada a ler contos, mas é sempre bom dar uma variada. Com toda certeza parece ser uma leitura maravilhosa, beijos!

    http://livrosepergaminhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Olá... tudo bem??
    Eu não conhecia a autora e nem o livro, porém por ser livro de contos não me interessei muito...eu não curto esse tipo de leitura e para me aventurar o livro tem que me chamar muito atenção... até o momento de minha vida, apenas um me chamou atenção, mas pelo fato de ser de terror... mas não posso deixar de falar que o Conto Querido Louis, me chamou atenção pelo fato do romance... Xero!!!

    http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  19. O livro não me atraiu, não curto contos, e se curto algo menos que isso definitivamente é poesia, que descobri pela sua resenha que também está presente. Mesmo você tendo dito que os contos são bem variados e que pelo menos um deles deve tocar cada leitor, não fique interessada. Os livros de terror dela eu nunca leria, mas quem sabe não encontro um policial mais leve pra conhecer a escrita da autora... rs...

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  20. Oi Sil,
    Gosto muito de romances e de adolescentes me atraem porque lido com adolescentes e histórias que os envolvem me ajudam muito no convívio com eles. Fiquei curiosa e com vontade ler o conto do Louis. Dica anotada.

    Beijos
    Tânia Bueno
    www.facesdaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  21. Olá, tudo bem?

    Apesar de eu ter amado a capa(sério, achei linda justamente pela simplicidade), eu não leria o livro por ser uma coletânea de contos. Não gosto desse estilo de texto pois muitas vezes possuem finais abruptos e isso não me agrada, tanto que a maioria dos meus livros são séries (daquelas que quero que nunca acabem, mas ao mesmo tempo quero saber o final HAHAHAHA). Outro fator também é que um dos contos é romance adolescente, como você citou no texto, aí que estou correndo mesmo HAHAHA. Mas fico feliz que tenha gostado da leitura.

    Abraços,
    Matheus Braga
    Vida de Leitor - http://vidadeleitor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Eu não sou uma fã de contos, mas as vezes aparecem um que super valem a pena. Acho que me identificaria com esses que você citou. Também sou campeã de ficar nostálgica com histórias colegiais.

    E você tem razão, resenhar contcontos eh mega difícil!

    Beijos, Andressa

    ResponderExcluir
  23. Eu não sou uma fã de contos, mas as vezes aparecem um que super valem a pena. Acho que me identificaria com esses que você citou. Também sou campeã de ficar nostálgica com histórias colegiais.

    E você tem razão, resenhar contcontos eh mega difícil!

    Beijos, Andressa

    ResponderExcluir


Obrigada por comentar no Estilhaçando Livros. Se você tiver um blog deixa seu link que vou retribuir a visita com o maior prazer.