23/09/16

Precisamos falar de Supernatural

Nome: Supernatural
Direção: Robert Singer, entre outros.
Elenco: Jared Padalecki, Jensen Ackles, Misha Colins, Mark Sheppard
Distribuição: CW
Desde pequeno, Sam Winchester (Jared Padalecki) tentava escapar do próprio passado. Após a misteriosa morte de Mary (Samantha Smith),o pai de Sam passou a procurar vingança contra as forças do mal que mataram sua esposa, destruindo qualquer ser maligno que cruzasse o seu caminho. Ao contrário de Sam, Dean (Jensen Ackles), seu irmão mais velho, sempre quis seguir os passos do pai. Sam está sempre determinado a se livrar do "negócio da família", mas sua vida toma rumos que ele não deseja,ficando sem escolhas a não ser unir-se ao irmão.


Tenho certeza que eu não sou a única hunter aqui. Supernatural já tem 11 anos, e mesmo com altos e baixos se mantém firme, graças ao trabalho impecável da produção que ao longo dos anos sempre se mateve unida como uma familía nos proporcionando momentos e temporadas maravilhosas. Tudo começou lá em 2005, com um piloto de tirar o fôlego e uma primeira temporada memorável. 

19/09/16

Resenha: As Mil Noites

Título: As Mil Noites
Autor(a): E. K. Johnston
Editora: Intrínseca

Páginas: 320
Onde comprar: Submarino
Mais informações no Skoob
Clássico da literatura universal, as histórias de As mil e uma noites estão no imaginário de todos — do Oriente ao Ocidente. É impossível que alguém nunca tenha ouvido falar sobre Ali Babá e seus quarenta ladrões, ou sobre Aladim e o gênio da lâmpada. Ou sobre Sherazade, a mulher sagaz e inteligente que se casou com um homem cruel, e, por mil e uma noites, driblou a morte narrando contos de amor e ódio, medo e paixão, capazes de dobrar até mesmo um rei. Em As mil noites, a história se repete, mas com algumas diferenças…
Quando Lo-Melkhiin chega àquela aldeia — após ter matado trezentas noivas —, a garota sabe que o rei desejará desposar a menina mais bela: sua irmã. Desesperada para salvar a irmã da morte certa, ela faz de tudo para ser levada para o palácio em seu lugar. A corte de Lo-Melkhiin é um local perigoso e cheio de beleza: intricadas estátuas com olhos assombrados habitam os jardins e fios da mais fina seda são usados para tecer vestidos elegantes. Mas a morte está à espreita, e ela olha para tudo como se fosse a última vez. Porém, uma estranha magia parece fluir entre a garota e o rei, e noite após noite Lo-Melkhiin vai até seu quarto para ouvir suas histórias; e dia após dia, ela continua viva.
Encontrando poder nas histórias que conta todas as noites, suas palavras parecem ganhar vida própria. Coisas pequenas, a princípio: um vestido de seu lar, uma visão de sua irmã. Logo, ela sonha com uma magia muito mais terrível, poderosa o suficiente para salvar um rei...

Eu não leio um livro há muito tempo, portanto, não faço resenha a um bom tempo! Mas eu estar aqui hoje significa que, 1) eu estava super querendo esse livro para lê-lo imediatamente após ter caído em minha mão, 2) que esse livro não é nada pouca coisa para eu ignorá-lo, e 3) ele realmente não é por eu não ter conseguido parar de ler. Eu não sei o que está acontecendo comigo, mas em vista do ano passado, eu estou morta nas minhas leituras. 

16/09/16

Resenha: Quando Tudo Volta


Título: Quando Tudo Volta
Autor: John Corey Whaley
Editora: Novo Conceito
Páginas: 224
Saiba mais no Skoob
Onde comprar: Buscapé
Sinopse: Uma morte por overdose. Um fanático estudioso da Bíblia. Um pássaro lendário. Pesadelos com zumbis. Coisas tão diferentes podem habitar a vida de uma única pessoa? Cullen Witter leva uma vida sem graça. Trabalha em uma lanchonete, tenta compreender as garotas e não é lá muito sociável. Seu irmão, Gabriel, de 15 anos, costuma ser o centro das atenções por onde passa. Mas Cullen não tem ciúmes dele. Na verdade, ele é o seu maior admirador. O desaparecimento (ou fuga?) de Gabriel fica em segundo plano diante da nova mania da cidade: o pica-pau Lázaro, que todos pensavam estar extinto e que resolveu, aparentemente, ressuscitar por aquelas bandas. Em meio a uma cidade eufórica por causa de um pássaro que talvez nem exista de verdade, Cullen sofre com a falta do irmão e deseja, mais que tudo, que os seus sonhos se tornem realidade. E bem rápido.

Confesso para vocês que quando ganhei uma promoção da Novo Conceito onde era possível escolher um livro dentre uma lista predeterminada pela editora eu apenas escolhi este pois as outras opções não eram tão bacanas assim. Demorei meses para finalmente pegar esse livro e apenas o fiz pois o coloquei a prêmio em uma promoção que um blog que eu colaboro (conheça o Cantar em Verso) participou e não quis deixa-lo ir sem ao menos ler.

14/09/16

CRÍTICA: O FABULOSO DESTINO DE AMÉLIE POULAIN

Nome: O fabuloso destino de Amélie Poulain
Direção: Jean-Pierre Jeunet
Elenco: Audrey Tautou, Mathieu Kassovitz,Jamel Debbouze, Dominique Pinon, Isabelle Nanty
Distribuição: Lumiére
Após deixar a vida de subúrbio que levava com a família, a inocente Amélie (Audrey Tautou) muda-se para o bairro parisiense de Montmartre, onde começa a trabalhar como garçonete. Certo dia encontra uma caixa escondida no banheiro de sua casa e, pensando que pertencesse ao antigo morador, decide procurá-lo ­ e é assim que encontra Dominique (Maurice Bénichou). Ao ver que ele chora de alegria ao reaver o seu objeto, a moça fica impressionada e adquire uma nova visão do mundo. Então, a partir de pequenos gestos, ela passa a ajudar as pessoas que a rodeiam, vendo nisto um novo sentido para sua existência. Contudo, ainda sente falta de um grande amor.


Quem nunca parou e pensou : "Cinema francês é muito chato, e só quem curte são aqueles cinéfilos cult". Eu mesma admito que são raríssimos filmes franceses que me agradaram, até eu assistir esse.O fabuloso destino de Amélie Poulain é uma comédia romântica despretensiosa, mas ao mesmo tempo, desde o princípio você consegue ver a identidade do filme em cada cena. 

07/09/16

CRÍTICA: XOXO

Nome: XOXO - A vida é uma festa
Direção: Christopher Louie
Elenco: Sarah Hyland, Graham Phillips, Brett DelBuono, Hayley Kiyoko, Colin Woodell, Ryan Hansen, Ione Skye, e Chris D'Elia.
Distribuição: Netflix
Seis estranhos tem as suas vidas mudadas quando colidem em um sonho frenético ao perseguir irremediavelmente, uma noite romântica ao som de música eletrônica.




Esse filme saiu semana passada na Netflix, e é um filme super novo e incrível !
Já começa que eu amei o nome porque super me faz lembrar de Gossip Girl , umas das minhas séries favoritas. O filme conta a história de um garoto chamado Ethan que tem o sonho de ser DJ profissonal.  Ele usa suas batidas junto com a voz da sua mãe  que sempre teve o sonho de ser cantora, e faz uma música e joga no youtube e a música viraliza fazendo com que ela fique muito conhecida no cenário eletrônico. O melhor amigo do Ethan, Tariq tem o sonho de ser empresário e se sustentar sozinho e passa a ajudar o amigo conseguindo que Ethan toque em um festival super grande de música eletrônica dos Estados Unidos. 
Nisso o filme vai mostrando todo o dia do Ethan até chegar na hora dele tocar no festival ao mesmo tempo que ele conhece outras 5 pessoas que começam a fazer parte da sua jornada.

01/09/16

CRÍTICA: GOTHAM

Nome: Gotham
Criação: Bruno Heller
Elenco: Ben McKenzie, Robin Lord Taylor, David Mazouz, Camren Bicondova, Sean Pertwee, Jada Pinkett Smith
Distribuição: Fox
Antes do Batman, a cidade de Gotham já existia. James Gordon (Ben McKenzie) é um detetive iniciante da polícia. Corajoso, sincero e ansioso para mostrar serviço, o recém-promovido tem como missão solucionar o caso do assassinato dos bilionários Thomas e Martha Wayne, um dos casos mais complexos da cidade. Com seu parceiro, o oficial Harvey Bullock (Donal Logue), Gordon conhece o único sobrevivente do assassinato: Bruce Wayne (David Mazuouz), um garoto de 12 anos, filho do casal, por quem ele imediatamente sente uma grande afeição.

  Essa crítica será das duas primeiras temporadas!
Gotham é uma série adaptada dos quadrinhos da DC Comics. E quando falo adaptada são poucas coisas, como os personagens, seus nomes, a cidade de Gotham, mas todas as histórias capitulo por capitulo é trabalho dos roteiristas. Ela conta e segue a vida do detetive Gordon na luta diária contra a bagunça, a corrupção e a sujeira que Gotham está se tornando. A série não é sobre o Batman, aliás ele ainda é só um menino órfão na série, nem sobre o próprio James Gordon, ela é sobre Gotham, e consequentemente tudo que acontece e nasce ali. Falando em nascimento, boa parte dos vilões do Batman ainda são pessoas comuns, a premissa dela é justamente acompanhar o ascensão dos principais vilões da galeria do Batman. Muitos vilões só ''nascem'' quando o Batman já é adulto então a série conta com alguns limites de desenvolvimento de personagens pra não esbarrar nas HQs e confundir a mente dos leitores de quadrinhos. 

31/08/16

Lançamentos de Agosto: Gente e Única


Eu vou te ensinar a ser rico
Três passos simples para quitar as dívidas em doze meses e construir a sua liberdade financeira
Sinopse: As pessoas de classe média vivem com os mesmos princípios: gastam tudo o que ganham durante o mês para manterem um padrão de vida mais elevado do que podem ter. Como sobra pouco ou nenhum dinheiro para adquirir o “conforto”, utilizam os financiamentos dos bancos e com isso pagam juros altíssimos. Têm a falsa impressão de que estão crescendo porque possuem cada vez mais bens de consumo. Será que realmente estão progredindo? Será que o dinheiro de fato lhes traz conforto? Ou será que a classe média é cada vez mais escrava do dinheiro?
O mundo atual é voltado para o consumismo. Poupar diante de tantas propagandas não é uma tarefa fácil. O resultado é que milhões de brasileiros utilizam o limite do cartão de crédito e o cheque especial para cobrir dívidas, contas em atraso e despesas da casa. Além disso, fazem empréstimos novos para quitar os antigos e, com isso, os juros vão se multiplicando.
Sem conhecer as “regras do jogo”, você se preocupa em “tapar o buraco” dos juros sobre juros, das multas e outras cobranças derivadas do crédito que adquiriu. Completamente sem saída, você não vê a hora de essa situação se resolver de uma vez por todas.
Então, a pergunta é: Como e por onde começar? Como sair dessa situação? Será que precisamos viver desse jeito pelo resto da vida ou podemos sair dessa situação e criar a tão sonhada liberdade financeira?
Ben Zruel vai mostrar a você que viver sem precisar trabalhar todos os dias não é um sonho impossível. Com um texto acessível, Ben vai usar a sua experiência como empresário e palestrante para ensinar ao leitor um método prático e aplicável a qualquer pessoa. Construa a sua liberdade financeira, independentemente de quanto ganha por mês

Autor: Ben Zruel
Selo: Gente • ISBN: 978-85-452-0105-2 • Formato: 16 x 23 cm
Páginas: 160 • Gênero: Negócios/ Finanças
Lançamento: Agosto de 2016 • Preço de capa: R$ 29,90